sábado, 29 de março de 2014

Ave Cesar Trailers IX

Como sempre gosto dos filmes de ação, não poderia deixar de mencionar o segundo longa de James Cameron, Avartar II. O primeiro foi um verdadeiro sucesso, o segundo tende a ir pelo mesmo caminho. Bom Trailer!


quarta-feira, 26 de março de 2014

Walker: a cerveja zombie


Uma cervejaria americana criou uma cerveja feita a partir de cérebros de cabra defumados. A bebida é uma homenagem à série "The Walking Dead". A cerveja chamada Dock Street Walker é composta por trigo, aveia, cevada em flocos, mirtilo vermelho e cérebros de cabra defumados e tem 7,2% de teor alcoólico.

Criada pela cervejaria Dock Street Brewing Co., a bebida inspirada em zombies é 50 % mais forte do que a maioria das cervejas americanas.

A Dock Street Walker vai estar disponível a partir de 30 de março, na festa de fim da temporada da série "The Walking Dead", organizada pela cervejaria da Filadélfia.

Outro rótulo de outra cerveja vinculada ao tema é a Zombie Dust!



Fonte: http://m.jn.pt/m/newsArticle?contentId=3776109&page=1 

terça-feira, 25 de março de 2014

Pesquisa no Festival Brasileiro da Cerveja

Visitantes do Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau, aumentam nota geral do evento

Pesquisa que avalia opinião do público aponta que média geral passou de 5,77 para 5,83

Visitantes do Festival Brasileiro da Cerveja, em Blumenau, aumentam nota geral do evento Gilmar de Souza/Agencia RBS
Cerca de 400 visitantes foram ouvidos para pesquisa sobre o festivalFoto: Gilmar de Souza / Agencia RBS
pesquisa que avaliou a opinião de visitantes do 6º Festival Brasileiro da Cervejafoi divulgada na manhã desta terça-feira pela AskNew, contratada para coletar os dados durante os quatro dias do evento. 

Cerca de 400 pessoas opinaram sobre 35 questões, dando nota de 0 a 7. O item variedade da cerveja ganhou a maior pontuação: 6,65. A estrutura do Parque Vila Germânica e diversão com amigos e familiares vieram em seguida, com notas 6,62 e 6,53 respectivamente.

A média geral do evento aumentou em comparação com a edição do ano passado, subindo de 5,77 para 5,83. O público continua sendo predominantemente masculino, mas está mais jovem e com maior renda e escolaridade. 

Todo o conteúdo foi repassado ao presidente do Parque Vila Germânica, Ricardo Stodieck, e também ao diretor do Empório Vila Germânica, Valmir Zanetti. A pesquisa ajudará a organização a diagnosticar quais os itens devem ser melhorados no próximo festival.

Conheça a média de alguns itens: 
Fonte:  http://jornaldesantacatarina.clicrbs.com.br/sc/politica-e-economia/noticia/2014/03/visitantes-do-festival-brasileiro-da-cerveja-em-blumenau-aumentam-nota-geral-do-evento-4455976.html

Mercado de Cerveja na Rússia

AB Inbev fecha terceira fábrica de cerveja na Rússia

Anheuser-Busch Inbev (AB Inbev): o mercado recuou mais de 25 por cento desde 2008
Moscou - A Anheuser-Busch InBev, maior cervejaria do mundo, irá fechar sua terceira fábrica russa em menos de dois anos, com o aumento da regulamentação prejudicando as vendas.
A Rússia tem endurecido a regulamentação das vendas de álcool a fim de refrear o consumo. Nos últimos dois anos, o mercado de cerveja foi atingido com aumentos de impostos, além de proibição de publicidade e das vendas em quiosques.
O mercado recuou mais de 25 por cento desde 2008, criando um excesso de capacidade para a maioria dos agentes do mercado, forçando-os a fechar fábricas e repensar estratégias.
A fabricante da Budweiser, Stella Artois e Corona disse nesta terça-feira que vai fechar uma de suas sete fábricas de cerveja na Rússia, em Perm. A investida segue o encerramento de uma fábrica em Kursk, em 2012, e de outra em Novocheboksarsk, em 2013.
"No contexto de um declínio geral no mercado devido ao aumento da carga fiscal e administrativa e fortalecimento da regulamentação legislativa, a empresa deve agir e tomar as medidas necessárias para manter seus negócios na Rússia", disse a InBev em um comunicado.
As vendas russas da InBev caíram 13,6 por cento no ano passado, em meio a um declínio mais amplo do mercado, com a empresa dando maior foco a marcas premium - uma categoria menos impactada com a proibição de vendas em quiosques, anteriormente um grande canal de distribuição.
Fonte: http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/ab-inbev-fecha-terceira-fabrica-de-cerveja-na-russia

Game of Thrones

Game of Thrones lança sua terceira cerveja da série
game of thrones 2 Vem aí a terceira cerveja da série <i>Game of Thrones</i>
A nova cerveja de Game of Thrones tem rótulos com os dragões da Daenerys Targaryen
(Foto: Divulgação/ Omnegang)
Os fãs de Game of Thrones já estão contando os dias para a estreia mundial da quarta temporada da série, que acontece no dia 6 de abril. E quem está nos Estados Unidos poderá beber o lançamento com todo o estilo – e com uma semana de antecedência.
No dia 31 de março chega às lojas norte-americanas especializadas a nova cerveja Game of Thrones, a terceira em homenagem ao seriado. O produto é resultado de uma parceria do canal HBO, que exibe a obra, e a cervejaria Omnegang.
A nova cerveja, uma red ale, foi feita em homenagem ao renascimento dos dragões de Daenerys – personagem para lá de importante na série. O nome da bebida é Fire and Blood (ou Fogo e Sangue) e ela traz três opções de rótulos, cada um deles com um dragão diferente da belíssima Targaryen.
De acordo com as descrições oficiais, a Fire and Blood tem aromas de frutas maduras e condimentos, seguido por notas florais e picantes. No paladar, gosto frutado, adocicado, seguido pelo tom do lúpulo e de centeio. Uva passa e ameixa seca dão acabamento a um malte levemente ardido. A graduação alcoólica é de 6,8%.
Infelizmente, a cervejaria Omnegang não faz entregas no Brasil. Nos EUA, cada garrafa de 750 ml da bebida custará U$ 8,50 (quase R$ 20). A cerveja também será vendida em barris.
As outras cervejas Game of Thrones
Além da Fire and Blood, a Omnegang tem mais duas cervejas Game of Thrones já disponíveis no mercado. São elas: Iron Throne, lançada ainda sob o impacto da primeira temporada da série, trazendo o famoso trono de ferro em seu rótulo, e Take The Black Stout, uma cerveja escura, que tem o rótulo estampado com a árvore sagrada do povo do Norte.
As duas são consideradas sucesso de vendas pela cervejaria.
game of thrones 1 e 2 Vem aí a terceira cerveja da série <i>Game of Thrones</i>
Lado a lado, a Iron Throne, com o trono de ferro em seu rótulo, e a Take The Black Stout, estampada com a árvore do povo do Norte
(Foto: Divulgação/ Omnegang)
Fonte: http://entretenimento.r7.com/blogs/as-melhores-cervejas-do-meu-mundo/vem-ai-a-terceira-cerveja-da-serie-game-of-thrones-20140325/

quinta-feira, 20 de março de 2014

Walfänger Ribeirão Preto



Ribeirão vai ganhar nova cervejaria gourmet

A inauguração deve acontecer no segundo semestre, em Bonfim Paulista

20/03/2014 - 09:55
Murilo Corte/Especial
Comemoração no lançamento das três torres do empreendimento Grand Raya (Foto: Murilo Corte/Especial); veja mais fotos na galeria













Ribeirão está prestes a ganhar uma nova cervejaria gourmet. A Walfänger vai
reunir fábrica e um pub de degustação para 120 pessoas. A inauguração 
deve acontecer no segundo semestre. Sediada em Bonfim Paulista, a 
Walfänger irá, inicialmente, dedicar-se a três tipos de cerveja: Weiss, Bock e Helles.
O projeto da Walfänger é assinado pelo arquiteto Marcos Cotrim e vai
 ganhar mesas e cadeiras feitas à mão e talhadas na Indonésia. Segundo
o sócio-proprietário, Diego Lapparo, a ideia é levar uma experiência afetiva
aos visitantes, que terão um espaço aconchegante para passar bons
 momentos com os amigos.
Fonte: http://www.jornalacidade.com.br/social/giro/NOT,2,2,934973,Ribeirao+vai+ganhar+nova+cervejaria+gourmet.aspx

sábado, 15 de março de 2014

Festival Brasileiro de Cerveja


Festival Brasileiro da Cerveja traz centenas de sabores para a bebida.

Visitantes podem provar 600 rótulos com várias cores, aromas e sabores.
Evento acontece em Blumenau (SC) e reúne cervejeiros de todo o Brasil.

Vanessa MoltiniBlumenau, SC

Uma variedade de aromas, sabores, texturas e tipos de cerveja está em exposição no Festival Brasileiro da Cerveja, que acontece até sábado (15) em Blumenau, no estado de Santa Catarina.
Ao todo, são cerca de 600 rótulos. Quase 40% das microcervejarias do país estão representadas no evento. Há seis anos, Blumenau reúne apreciadores e profissionais renomados do mercado cervejeiro. “O brasileiro está descobrindo que a cerveja tem muito ingrediente novo e que a inovação faz com que se procure algo sempre diferente”, explica Valmir Zanetti, organizador do festival.

O mercado das cervejas artesanais já representa 5% do consumo da bebida no Brasil. O vencedor do concurso que elegeu a melhor cervejaria do país é de Curitiba, no Paraná.
Quem vem para o Festival Brasileiro da Cerveja está disposto, claro, a provar novos sabores. No ano passado, tinha rapadura, capim-limão, laranja e café. Mas, neste ano, muitos outros sabores podem ser descobertos. “A gente vem trazer do Rio Grande do Sul algo que não só é da cultura gaúcha. Não é o sabor do chimarrão, é o sabor da erva crua", afirma Humberto Fröhlich, cervejeiro do Rio Grande do Sul.
As cervejas de frutas estão em alta e tem até cerveja cor de rosa. “Ela leva cerca de 200 gramas de framboesa por litros de cerveja. Ela tem uma intensidade de cor e de sabor muito forte”, explica Maurício Chaulet, outro cervejeiro gaúcho.

Além da melhor cervejaria, o festival também escolheu a melhor cerveja artesanal do país. Veio de Belém do Pará e, na receita, vai uma especialidade da região: o açaí. "A gente criou uma identidade nossa, com as nossas coisas. Somos inspirados pela floresta amazônica para fazer produtos únicos", define o criador da cerveja de açaí.
Para quem não se rende à combinação das frutas, uma cervejaria chilena oferece o mel para os paladares mais adocicados.

sexta-feira, 7 de março de 2014

Wals Imperial Bretta Lager

O melhor deste trabalho é inovar sem limites. Amanhã teremos no Tasting Room a Imperial Bretta Lager. Faz parte da nossa nova linha de cervejas que poderão ser consumidas somente aqui na nossa indústria aos sábados. A ideia que apelidamos de "experimento maluco" é manter vivo o nosso conceito de criatividade sem fronteiras, criando receitas que fujam do padrão usual e tragam ao consumidor experiências únicas. Além disso , amanhã é pré-lançamento da Session Citra, uma Session Beer IPA de 3,9% ABV e 30 IBU´s. Uma receita que com certeza vai dar um "Hopped Up" no seu paladar !
Clientes e amigos antigos, já puderam degustar cervejas como a Stricnina , PequiAle, Mûre, Sour, Oak Aged, Amber Lager... Mas elas nunca saíram comercialmente ! 
O primeiro barril a ser desvendado é o que apelidamos de Imperial Bretta Lager!! Uma cerveja que vai enlouquecer especialistas e cativar amantes de cervejas extremas. Tem 5%ABV , 40 IBU's , aromas herbais de lúpulo fresco e notas azedas de Brettanomyces.
 Blend que maturou por mais de 1 ano e meio em barricas de carvalho francês. O equilíbrio do corpo maltado com a leve adstringência e sabor de celeiro resultou num líquido único. Somente no Tasting Room da Wäls ! Venha experimentar ! 

quinta-feira, 6 de março de 2014

Beer Sommelier

Sommelier de cerveja: entenda como funciona essa carreira promissora

Já ouviu falar em sommelier de cerveja? Pois deveria! A carreira de especialista na bebida é promissora e não exige diploma universitário. Saiba mais!

Reportagem: Marília Medrado / Edição: MdeMulher
sommelier de cerveja
Invista: a carreira de sommelier de cerveja é nova e promissora
Foto: Getty Images
Já pensou em fazer da cervejinha mais do que uma fonte de prazer, uma fonte de renda? Pois saiba que é possível. A carreira de sommelier de cerveja é a bola da vez. Apesar do nome chique, a profissão de especialista na arte da cerveja pode ser a sua: não precisa de diploma e o mercado é promissor. "Com mais acesso à informação, as pessoas começaram a buscar produtos diferentes, especiais. Cervejarias e importadores perceberam isso e surgiram novas vagas para profissionais especializados", explica Estácio Rodrigues, diretor do Instituto da Cerveja. Fazer da cerveja um ganha-pão rende R$ 1.500* no início. "Em um ano e meio, esse valor pode dobrar", diz. E não pense que a rotina é bebericar o dia todo. Nada disso! Abaixo, nós contamos tudo sobre essa carreira. Confira!
· O sommelier de cerveja tem que saber tim-tim por tim-tim: desde a produção da bebida até o relacionamento com clientes. E trabalho não falta. “Há vagas em cervejarias, importadoras, distribuidoras e dá para prestar consultorias”, diz Rodrigues. Entenda as diferentes funções da profissão:
1. Cervejaria: "Degustar a bebida é só uma parte do trabalho", diz o especialista. Aqui, o profissional elabora e faz análises sensoriais das receitas junto com o mestre cervejeiro e testa os lotes para conferir a qualidade da bebida. Além do setor técnico, quem atua na área comercial pode treinar as equipes de vendas, sugerindo as melhores opções de cerveja para bares, restaurantes...
2. Importadora: É o sommelier que escolhe quais rótulos de cervejas internacionais trazer para o Brasil. Para isso, é preciso estar atenta às novidades. "É preciso viajar e escolher as cervejas que estão de acordo com o paladar do brasileiro", afirma Rodrigues. Aqui você também pode capacitar equipes de venda.
3. Distribuidora: O especialista em cerveja escolhe as opções mais interessantes para os seus clientes, que podem ser bares, restaurantes, supermercados...
4. Bares, restaurantes, empórios, hotéis: Nesses locais, o sommelier de cerveja precisa:
· Controlar o estoque de garrafas.
· Escolher as bebidas de acordo  com o perfil do estabelecimento.
· Cuidar do armazenamento das bebidas para manter a qualidade.
· Apresentar a carta de cervejas aos clientes e indicar qual é a melhor loira e o copo ideal para harmonizar a bebida com o prato que eles escolheram. 
5. Consultoria: Nem sempre um restaurante pode ter um sommelier exclusivo, então, que tal prestar consultoria? Nesse caso, a pessoa fica responsável por entender o gosto do cliente, elaborar a carta de cervejas, negociar com os distribuidores e até treinar a equipe. "O trabalho costuma durar um mês e meio e cobra-se de R$ 3* mil a R$ 4* mil por consultoria", afirma Rodrigues.

Fica a dica!

· A carreira de sommelier de cerveja é nova e promissora, segundo Rodrigues. "Quem abraçar a carreira desde cedo vai colher os frutos. Tem demanda do mercado", diz.
· Trabalhar experimentando cervejas pode ser muito prazeroso, mas tudo é feito com muita moderação e responsabilidade, óbvio. "Bastam apenas 50 ml de cerveja para degustar", explica.
· O lema dos sommeliers é "beba menos, beba melhor". A ideia é fazer os consumidores apreciarem a bebida e não se empanturrarem com várias latas.
· Ao contrário dos sommeliers de vinho, as especialistas de cerveja podem usar um uniforme mais descontraído. Bom, né? "Mas tudo vai depender do local de trabalho", ressalta o especialista.
· Acha que a profissão é coisa de homem? Bobagem! O primeiro sommelier de cerveja brasileiro formado é, na verdade, uma sommelier, Kathia Zanatta. "Temos um ponto a nosso favor: nossa memória sensorial é mais rica que a deles, porque, desde pequenas, estamos mais expostas a aromas (perfumes, cremes...) e a sabores, por causa da culinária", completa Kathia.

Onde estudar e se especializar

A profissão não exige diploma universitário, mas se engana quem acha que as várias latinhas do fim de semana vão transformá-la numa expert da bebida. Há variados estilos de cerveja e, para entendê-los e se tornar uma sommelier de cerveja, é essencial fazer um curso na área. Confira algumas opções:
Presencial 
· Instituto da Cerveja
São Paulo (SP), Blumenau (SC), Porto Alegre (RS)
Com aulas sobre história, fabricação e harmonização da cerveja – 100 horas por R$ 2.500* (ou 5 x sem juros) 
· Academia Sommelier de Cerveja
Belo Horizonte (MG)
Com conteúdo completo sobre a bebida: da fabricação  até a elaboração de uma carta de cervejas – 100 horas por R$ 2.300* (ou 5 x sem juros) 
· Science of Beer
São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Florianópolis (SC) – em Belém (PA) há previsão de curso no segundo semestre
Trata dos processos cervejeiros – 70 horas por R$ 2.350* (Matrícula de R$ 350* + 5 x de R$ 400*)

On-line 
· Sociedade da Cerveja
O curso gratuito não forma sommeliers, mas traz noções básicas sobre cerveja. Pode ser um começo. 
 * Preços pesquisados em março de 2014
Fonte: http://mdemulher.abril.com.br/carreira-dinheiro/reportagem/carreira/sommelier-cerveja-entenda-como-funciona-essa-carreira-promissora-775642.shtml

St.Patricks Day Backer 2014

Incontestável! Festa pra lá de bacana! E só tem cervejaria mineira e paulista show de bola!

quarta-feira, 5 de março de 2014

Alenda Walachai

Fiquei encantado com o descritivo enviado pelo Eduardo da Alenda Bier sobre sua cerveja Walachai e encontrei uma filmagem feita por Rejane Zilles na internet. Bacana tanto sua escrita quanto o clipe do filme. 

"Walachai significa lugar longínquo, esquecido no tempo. É uma comunidade com aproximadamente 300 pessoas que fica em Morro Reuter, a menos de 500 metros da Cervejaria Alenda. O vilarejo foi fundado em 1829 por imigrantes alemães vindos da região de Echternach no atual Grão-Ducado de Luxemburgo.

Para homenagear o vilarejo a cerveja Alenda Walachai tem a alma dos três países que fazem divisa com Luxemburgo. Da Alemanha veio o trigo defumado, o processo de decocção e a fermentação em tanques abertos, técnicas que são tradicionalmente utilizadas para fabricação de cervejas de trigo na Baviera alemã. Da Bélgica trouxemos a levedura, que marca a cerveja com os aromas e sabores das cervejas fabricadas nos mosteiros belgas. Da França trouxemos a tradição da maturação dos vinhos com carvalho.

Essa cerveja foi concebida em uma parceria inédita entre a Cervejaria Alenda e o Bier Sommelier Luciano Castro. Aviso: "Alenda Walachai é uma cerveja para desbravadores. Se tu não gostas de novas experiências mantenha-se afastado desta garrafa.""

Real Time Web Analytics